6 de dez de 2008

Não deixe que a neve me cubra
quero ver se a vida continua
quero saber se realmente existo
ou se sou uma personagem desse mundo divertido
uma peça no jogo de xadrez
onde caio amando você
não me deixe ficar aqui sozinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário