21 de jul de 2009

Eu fico triste pela minha decadência
Eu fico triste pelo meu desprezo pelas regras do mundo animal
Eu fico triste pelo meu desespero
de sentir o teu cheiro e não te amar
Eu fico triste pela minha pouca sorte
pois nem mesmo a morte quer me levar
Eu fico triste pelos nossos desencontros
pois é esse o ponto crucial
Enfim eu fico triste pelas coisas que insistem em fazer de mim um ser tão normal.

9 de jul de 2009

Outro dia eu pensei em te dizer
que todas as coisas do mundo são assim
não me peça pra te explicar
eu teria que ir até o fim
sei que teu desejo é verdadeiro
e que tua força de vontade te mantém
mas a vida é feita de ilusões
e se não sonhar cai no abismo da certeza
de saber tudo e não ser capaz
de imaginar como será o amanhã
de qualquer modo não te culpo
em parte teu cinismo fui eu quem causei
quando tentei te levantar da cova
que tu teimavas em te enterrar
sobreviva e me faça ver
que tu pode sar um sorriso natural

2 de jul de 2009

Enfim uma poesia para vossos olhos apreciarem

Com base no que me disseram
a lua e os astroa em coro
teu coração é meu
puro amor humano
Como se criança tu nunca foste
foi brincar com meus cabelos ao vento
Canta, canta a primavera sabiá
teu choro de seda vi recobrir meu leito
para que em meus sonhos teu sorriso possa repousar