27 de ago de 2009

Alguma coisa te interessa
além da carne que ela possui
alguma coisa te anima
além de violência e rinhas
alguma coisa te arrasta
pelos anos até mim
alguma coisa te atrai
ao sofrimento e o fim.
Rasteja pela eternidade
o verme senil que possui vida
que carrega a alma exaurida
deixa que a podridão ô domine
deixa que qualquer coisa ô desanime
verme fétido e sofredor
teu nome é amor.
Menina linda do meu coração
dos cabelos cor de mel
dos olhos azuis do céu
teu sorriso me fascina
teu toque me aluscina
deixa eu te fazer feliz
deixa eu te fazer sorrir
e a lua eu vou te dar
pra comigo você sonhar
estarei ao seu lado
sempre apaixonado.
Quando o verso acolhe a alma
revela seus segredos
descobre seus desejos
e lhe faz feliz reinar
sobre seus próprios sentimentos
numa terra seca faz brotar
as mais vermelhas rosas.

18 de ago de 2009

exercício de agentes argumentativos - 18/06/09 - aula de português

Ainda que em nossos corações haja amor
tua face será tão escura quanto a noite,
embora a luz do dia tente iluminar
nem mesmo assimum sorriso teu se fará ver,
até as estrelas choram nossa desgraça,
o céu se fechou para nós,
inclusive a lua não aparece mais,
mas continuo fiel ao teu lado
até que a morte nos separe.
Quisera eu ter tanta certeza
da forma da tua beleza
e do amor do teu coração.

O anjo que caiu do céu

Ele pisou o chão como nunca antes havia feito
provou do perfume de flores nunca vistas
apreciou as paisagens mais belas
e com o coração em paz pode sentir
ali era seu lugar
ali poderia mergulhar
nos sonhos que lhe eram proibidos
por ser um anjo servo de Deus
agora é livre
caiu do céu por vontade própria
fara de sua vida o que bem quizér
ou o que lhe for permitido...
pois agora é a lei dos homens que deve obedecer.
E no castelo ela se fez presente
pois o sangue dele habitava seu ventre
dentro daquelas paredes de pedra ela se sentia segura, acolhida
longe dos invejosos
de sua sorte de ter-se entregado
justamente ao mais alto membro do reinado
aquele que morreu lutando por suas terras
e lehe deixou aquele lindo e pequenino presente
o serzinho que habitava seu ventre
será forte e belo como o pai
era o que ela pensava enquanto subi as escadas
analizando minunciosamente cada centímetro de sua nova propriedade
sua fortaleza de pedra inviolável
sua segurança de que a criança nasceria e cresceria em meio aos seus
os nobres com quem ela sempre sonhava
agora são sua família
e para sempre será lembrada
como a lady que era criada.

16 de ago de 2009

A menina que morreu de raiva
daquele mundo que não lhe pertencia
foi chutada na porto da escola
por aqueles que ela não obedecia
quis fazer com que todos pagassem
por seus pecados jamais cometidos
por sua mente que não parava nunca
se sussurrar o nome do desconhecido.

7 de ago de 2009

Essa repetitiva cena melancólica de tristeza, dor e desamparo
essa força que te domina a mente
que te faz presente no mais terrível lugar
essa batida incessante que chega aos teus ouvidos como ruido
para logo tomat lugar em todo teu corpo
é teu coração gritando por socorro
lutando para sair do peito
não há mais jeito de se arrumar as malas
fugir para longe
para aonde?
para onde eles não possam te alcançar
onde você vai se sentir em paz
descansar na relva verde ainda úmida
da chuva que caiu ontem
quando você chegou com aquele seu olhar de abandono
pois a fuga custou caro
deixou para tráz todas as suas coisas
aqueles que ficaram não conterão a raiva
quando souberem o motivo do silêncio
prepara-te para enfrenta a guerra
logo logo seua pesadelos irão chegar
ouça o gemido da porta se abrindo
são eles que vieram te buscar
para fazer você pagar por todos os seus imundos pecados.