20 de jan de 2009

Sem sentido
procuro abrigo
em alguém
onde está?

Quero paz
quero mais
quero te-lo
nada mais

E os tais
não amarei jamais
não se comparam ao que me faz
sofrer, chorar

Morrer jamais!
por um amor e tal
por uma dor
de amar

Nenhum comentário:

Postar um comentário