4 de dez de 2008

Acabei com o teu plano
cruel desejo de me consumir
fuja enquanto á tempo
antes que minha raiva vá te destruir

Nenhum comentário:

Postar um comentário