2 de dez de 2008

Nesse luar sou divina
pois teu sorriso me facina
sem teu olhar vou pra minha luna
me esconder dessa vergonha que me cerca
e encontrar a verdade que liberta

Nenhum comentário:

Postar um comentário