4 de dez de 2008

A noite cai
para o meu tormento
e você não sai do meu pensamento
A escuridão cobre o meu desejo
que continua aqui dentro
Se você soubesse o quanto eu sinto
sinto a vida pulsando ao vento
Se eu pudésse parar o tempo
seria naquele momento

Nenhum comentário:

Postar um comentário