20 de jan de 2009

A noite cai
lentamente
e teu sorriso se acaba
não sei se fui eu
somente
sei que não há maldade que vá
tu és bom meu amigo
bom, fiel, elevarás
vou contigo
se pudér
vou voando ao teu encontro
sinta a brisa em teu rosto
linda pele
lindo luar
linda semente que faz brotar
a minha felicidade
a tua face em meu coração
incrustada de rubis brilhantes
enlutada pátria avante
segue teu rumo
me deixas dormir
deixas que o sol vai fazer o amanhã vir
iluminar nossos rostos gelados
nossos corpos entrelaçados

Nenhum comentário:

Postar um comentário