15 de out de 2009

Não sei em que acreditar
não sei mais onde me segurar
minhas mãos estão cansadas
não tenho mais onde me agarrar
tudo foge aos meus olhos
tem medo do meu próprio medo

Nenhum comentário:

Postar um comentário