7 de dez de 2010

Quarto esferas cintilantes vão guiando o meu olhar
quatro destinos diferentes seguirão sem me notar
quatro cores e seus tons vão colorir o derradeiro dia
quatro bocas falam coisas que não consigo escutar
quatro peças deste jogo vão cair ao amanhecer
e quem permanecer, com as quatro portas abertas, irá atravessar para o outro lado
sem medo vão brilhar os quatro sóis
e cada qual com seus quatro raios vai aquecer
á cada quatro nuvens vai chover
á noite, o frio vai nos unir
de quatro em quatro vamos sorrir
e se o teu sorriso não me for suficiente
quatro espadas te atravessarão
quatro vezes trovoará
até que a lua em quarto crescente surja
para iluminar o quarto escuro em que me encontro
chorando há quatro dias a tua falta.

Um comentário:

  1. Um comentario para "dizer"

    Dispensa comentarios!!!!

    ResponderExcluir