12 de jan de 2009

Resistência

Resistência não mais possuo
minha dor me convoca á morte
fria e dolorosa
nestes vales tão escuros
me encontro com minha dor
como se dela me livrasse
me sinto leve
aí começa o horror
pois sem dor não há destino
me convoco a morte
ou então ao exílio
nunca á farei vencer
se nem forças tivér
usarei minha vivacidade
infinita até então
que se esvaísse de minhas mãos
aí sim
não resisto

Nenhum comentário:

Postar um comentário