23 de mai de 2010

A covardia de viver
e a covardia de morrer
o medo que consome as entranhas
que te deixa tonto e te faz delirar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário